Prótese dentária: mitos e verdades

A prótese dentária é um procedimento recomendado para as pessoas que tiveram a perda de um ou vários dentes e querem voltar a sorrir com mais tranquilidade, naturalidade e segurança. 

 

Elas podem ser fixas ou removíveis, de diversos materiais e específicas para cada caso. É normal, surgirem dúvidas sobre esse assunto e pensando em te ajudar, a Odonto Minas elaborou um conteúdo recheado para sanar de vez os mitos e trazer todas as verdades que esse procedimento apresenta.

Esperamos que aprecie a leitura!

 

Como é a prótese dentária

Antes de falarmos sobre os mitos e verdades da prótese dentária, devemos aprender sobre o seu funcionamento.

 

Diferente do implante, a prótese pode ser encontrada em 5 tipos: prótese total (conhecida como dentadura), prótese parcial removível, prótese fixa, prótese flexível e prótese sobre implantes.

 

No decorrer do texto, vamos abordar detalhadamente cada um desses modelos e os cuidados que elas precisam.

 

Os mitos e verdades 

Agora que você sabe como pode ser feita a prótese dentária, vamos para os mitos e verdades que elas apresentam. Confira a seguir:

 

 

Cada prótese é personalizada e exclusiva 

Verdade: a prótese é confeccionada a partir de um molde da boca de cada paciente.

Hoje em dia, graças a tecnologia, o sistema digital conhecido como Cad Cam, auxilia na confecção da prótese e permite realizar o desenho das peças protéticas no computador.

 

 

O tipo e a cor das próteses são únicos 

Mito: O formato e a cor dos dentes são definidos individualmente para que ocorra o aspecto mais natural possível.

Dependendo do caso, é indicada uma prótese parcial ou total, fixa ou removível.

 

 

Não é possível comer normalmente com a prótese 

Mito: Depois do período de adaptação, o paciente já se sente confortável para comer normalmente, até mesmo os alimentos mais resistentes.

 

 

A limpeza da prótese pode ser feita com creme dental comum 

Mito: Os cremes dentais comuns são abrasivos e por esse motivo podem danificar a prótese, causando pequenas fissuras.

Utilize produtos específicos que vão auxiliar e garantir a durabilidade da prótese. 

 

 

As próteses dentárias duram para sempre 

Mito: Por serem resistentes, muitas pessoas acreditam que as próteses duram para sempre, mas não é bem assim. Algumas delas podem sofrer desgastes se não forem cuidadas corretamente.

Por esse motivo, é muito importante ter bastante cuidado quando o assunto é higiene da prótese.

Na maioria dos casos, a troca da prótese deve ser realizada em 2 anos, pois nossa estrutura óssea da boca tende a mudar constantemente.

 

 

A manutenção da prótese deve ser feita pelo dentista 

Verdade: qualquer dano que sua prótese pode ter, como o desgaste ou a quebra, deve ser reparada pelo seu dentista. Seu papel é utilizar materiais próprios para a manutenção.

Não é recomendado que você utilize cola normais para consertar sua prótese, pois elas contêm substâncias tóxicas para a mucosa da boca.

 

 

É preciso visitar o dentista periodicamente 

Verdade: Com ou sem prótese é muito importante visitar seu dentista periodicamente. Mas nesse caso, as consultas possuem uma atenção maior, pois o dentista precisa conferir se ela está devidamente ajustada na boca, como está a sua higienização e caso seja necessário realizar a manutenção.

A qualidade da prótese está totalmente interligada com a sua higienização.

 

 

A higiene bucal continua sendo importante 

Verdade: Além de utilizar a escova e o fio dental, as próteses devem ser retiradas diariamente para realizar uma limpeza completa.

 

 

Como cuidar da prótese 

A prótese dentária pode ser parcial ou totalmente removível, dependendo do quadro clínico do paciente. 

Ela pode ser retirada e encaixada sempre que necessário, e por esse motivo é indispensável que você tenha alguns cuidados. Confira a seguir:

 

  • Após as refeições, retire a prótese (dentadura) e enxague na água corrente, removendo todos os resíduos alimentares;
  • Em seguida, utilize uma escova de cerdas macias ou um modelo criado especialmente para essa finalidade, que tem como objetivo realizar uma limpeza mais profunda. Removendo toda placa bacteriana;
  • Escove a sua prótese com sabão neutro, enxague bem em água corrente e evite utilizar creme dental normal, como citado anteriormente;
  • Faça sua higiene normalmente, dê atenção principalmente para a língua, a gengiva e o céu da boca. A escovação correta de cada um deles vai ajudar a manter o seu hálito puro;
  • Repita os processos realizados durante o dia ao se deitar.  No momento que você for descansar, deixe sua prótese em uma solução de limpeza ou uma água filtrada;
  • Ao acordar, remova a prótese da solução de limpeza e lave-a com bastante água corrente.

 

Se você realizar esses procedimentos corretamente, eles vão garantir a sua saúde bucal e auxiliar na preservação da prótese dentária. Caso você tenha alguma dúvida sobre esse processo, consulte seu dentista.

 

Conheça os tipos de próteses dentárias 

As próteses possuem diversos tipos e cada uma é específica para um dia de paciente, até porque cada caso é único e necessitam de atenção diferente.

Elas são classificadas como prótese total, parcial removível, fixa, flexível e implantes. Conheça mais detalhes sobre elas:

 

Prótese total 

Popularmente conhecida como dentadura, é indicada quando a pessoa perde vários dentes originais e deseja substituí-los de maneira mais natural e do tamanho correto da sua boca.

Os idosos e pessoas, que devido a doenças ou acidentes, perderam alguns dentes, optam por utilizar esse modelo removível.

As vantagens que ela traz são várias, a melhora na fala, mastigação e na estética bucal são algumas delas. 

 

 

Prótese parcial removível

Sua estrutura é metálica e tem o objetivo de substituir apenas os dentes que faltam na boca, dando mais segurança e estabilidade na hora de mastigar ou falar.

Quando não é possível realizar um implante, esse procedimento é indicado, principalmente quando a gengiva não está em condições adequadas.

Existem também o modelo de prótese parcial removível provisória, ela é utilizada para um tratamentos temporários.

 

 

Prótese fixa 

Esse modelo está em desuso, e normalmente é substituído pelos implantes dentários. Ela visa substituir um ou mais dentes faltosos e proporciona resultados satisfatórios para as pessoas que utilizam este produto.

A desvantagem é a necessidade de desgastar os dentes subjacentes, que são usados como suporte e apoio, perdendo assim sua funcionalidade.

 

 

Prótese flexível 

A prótese removível flexível possui as mesmas indicações da parcial removível. A diferença entre elas é que a flexível não é metálica e garante mais flexibilidade, como o nome já diz.

O conforto também é uma das maiores vantagens, por esse motivo a adaptação é mais fácil. No entanto é recomendado que que haja bastante atenção na sua higienização, pois caso contrário pode escurecer ao longo do tempo e causar inflamação na gengiva.

 

 

Prótese sobre implantes

Ela é utilizada quando há necessidade de repor um ou mais dentes na boca do paciente. Através do pino de titânio, ela é fixada. Confeccionada em porcelana, é um material esteticamente mais bonito e com uma longa duração.

Além de oferecer mais estabilidade, proporciona um resultado mais natural, conforto e têm mais resistência a fraturas.

 

 

Consulte o seu dentista de confiança 

 

Gostou do conteúdo de hoje? 

Nós, da Odonto Minas, compartilhamos mitos e verdades e também os tipos de próteses dentárias e dividimos com você quais são os cuidados necessários para cuidar delas.

 

Se você está à procura de profissionais que possam te atender com bastante atenção e eficiência, além de oferecer uma estrutura totalmente completa, entre em contato com a Odonto mais próxima, através do WhatsApp.

 

Esperamos que tenha gostado da leitura e te esperamos no próximo post.