Mau hálito tem tratamento?

O mau hálito é um sintoma que causa bastante desconforto para as pessoas e pode também afetar quem está ao redor, além de barrar a confiança e auto estima.

Nossa boca é cheia de bactérias e quando não realizamos uma escovação correta ou até mesmo se ingerimos alimentos com odores fortes, como a cebola, o alho e alguns tipos de bebidas alcóolicas, esse sintoma pode piorar.

 

 

Mas não se preocupe, pois tudo tem uma solução e no conteúdo de hoje, a Odonto Minas vai te apresentar as principais causas, como realizar o tratamento para acabar de vez com a halitose e também tirar outras dúvidas comuns sobre esse tema.

Esperamos que a leitura seja muito prazerosa!

 

 

Mau hálito descubra o tratamento

Para iniciar o tratamento do mau hálito, deve-se descobrir, primeiramente, a sua causa, que podem ser variadas.

 

Se o motivo estiver relacionado com a alteração na saliva é recomendado realizar a mastigação de balas, chicletes, remédios ou até mesmo bolinhas de silicone para estimular a produção adequada do líquido. Esse procedimento deve ser repetido pelo menos duas vezes ao dia. 

 

Quando a halitose ocorre com frequência, a principal causa é a falta de higiene bucal correta. Que pode acontecer também pelo excesso de saburra lingual ou cáseo.

 

 

O que é o mau hálito?

O mau hálito é quando o cheiro do ar que a pessoa expira pela boca tem um odor indesejável e causa desconforto para quem está ao seu redor.

 

Na maioria dos casos, a pessoa que está com esse sintoma não consegue identificar com facilidade. A ajuda de um amigo para alertá-la é muito bem-vinda.

 

Quando acordamos, sentimos um gosto ruim na boca e isso é super normal, pois ficamos muito tempo sem falar e comer. Então nesse caso não há motivos para preocupação. Basta realizar a saúde bucal após levantar, como de costume.

 

 

 

Quais os sinais, os fatores e os riscos? 

Conhecido também como bafo ou halitose, em 60% dos casos, o principal sinal do mau hálito é o odor desagradável que sai da boca.

 

Ele pode ser causado pela saburra, uma camada branca que se deposita na língua, formada por bactérias e se dá pela má escovação ou tendência natural da pessoa.

 

Os fatores, como resíduos de alimentos entre os dentes, higiene bucal inadequada, saliva viscosa, desidratação, estresse, tabagismo, consumo excessivo de álcool, respiração pela boca, diabete e entre outros.

 

 

 

Como saber se tenho mau hálito? 

Cobrir a sua boca e o nariz com as mãos e tentar sentir o odor, é a forma mais conhecida e comum de identificar se você tem ou não mau hálito. 

 

Se você tiver uma pessoa próxima, uma outra alternativa é perguntar para ela como está o cheiro do seu hálito.

 

 

 

A prevenção

Para prevenir que o mau hálito seja algo frequente, é indispensável adquirir alguns cuidados diários, tais como: ingerir alimentos fibrosos, mastigar bem os alimentos e tomar no mínimo dois litros de água por dia é um ótimo começo.

 

Confira mais dicas simples para completar esse cuidado:

 

  • Escove os dentes regularmente: se seu caso de halitose é mais frequente, procure realizar a escovação no mínimo três vezes ao dia, para remover as bactérias e restos de comida nos dentes.

 

  • Limpe a língua: a língua é um lugar super propício para a formação de bactérias, acúmulo de células mortas e restos de comidas. Por esses motivos, realizar a sua limpeza e escovação é indispensável. 

 

  • Beber bastante água: uma boca seca, ou seja, sem a saliva, gera um “odor indesejável” e isso pode acontecer em qualquer momento do dia. Para evitar lembre-se de se manter hidratado. 

 

Se você utiliza dentadura, um conselho para diminuir e evitar o mau hálito é removê-la antes de dormir e limpá-la bem antes de colocar novamente pela manhã. Dessa maneira, você também evita que, futuramente, doenças apareçam.

 

 

 

Como realizar uma higiene bucal correta? 

Para realizar uma higiene bucal correta, é recomendado que você utilize os produtos necessários, como: escova dental com cerdas macias, enxaguante bucal, pasta e fio dental. 

 

No decorrer deste texto, apresentamos as vantagens de utilizar esses produtos e agora vamos te explicar como você deve utilizá-los. 

 

Durante a escovação, lembre-se de realizar movimentos circulares e com leveza, para não prejudicar a boca. O fio dental deve ser passado levemente entre os dentes e o enxaguante bucal vai servir como um finalizador da escovação. 

 

Para conferir nosso texto sobre os cuidados necessários com a saúde bucal no ambiente de trabalho, basta clicar neste link.

 

Realizando todos esses cuidados com a sua saúde bucal, você evita também a formação de cárie nos dentes, que por sua vez também é um dos fatores que causam o mau hálito.

 

 

 

Procure sempre a ajuda de um profissional 

Se você realizar todos esses cuidados prévios e, mesmo assim, os sintomas de odor indesejável permanecerem, agende uma consulta com seu dentista de confiança.

 

Nessa consulta, ele vai realizar uma avaliação e descobrir a principal causa desse desconforto e indicar o tratamento necessário para acabar de vez com ele.

 

Se você tiver alguma dúvida de como realizar qualquer cuidado, esse é um ótimo momento para sanar todas as suas dúvidas sobre higiene bucal.

 

 

 

Você está à procura de uma clínica de confiança? 

Após ler todo o conteúdo do texto, você aprendeu quais os tratamentos para acabar com o mau hálito e também como evitá-lo.

 

Mas se você ainda se sente inseguro, pois não possui um profissional que te proporcione a segurança necessária, nós da Odonto Minas podemos te ajudar.

 

Entre em contato com a clínica mais próxima a você, através do WhastApp e agende uma consulta. Temos dentistas especializados e prontos para te auxiliar da melhor forma, quando o assunto é cuidar do seu sorriso e também do seu bem-estar.

Para conhecer melhor nosso trabalho, nos acompanhe nas redes sociais Facebook e Instagram. Esperamos que tenha apreciado a leitura e nos vemos no próximo post.