Descubra as principais causas do mau hálito e como resolvê-lo.

Halitose, também conhecida como mau hálito, é um problema bucal que faz parte da vida de qualquer pessoa, seja um adulto ou até mesmo uma criança.

 

 

Sentimos um odor desagradável na boca quando acordamos, por exemplo, ou mesmo quando ingerimos um alimento com cheiro forte como o alho, a cebola, entre outros temperos.

 

Diversos fatores podem causar esse incômodo na boca. Um dos mais comuns entre as pessoas é a falta de cuidado com a higiene bucal, algo tão simples e que faz toda a diferença na hora de acabar com esse mau odor.

 

A ajuda de um profissional especializado é essencial na hora de identificar o principal motivo que causa essa sensação desconfortável dentro da boca, principalmente se essa sensação for constante após a escovação diária dos dentes.

 

Mau hálito: principais causas

 

O mau hálito é causado pelas pessoas devido a pequenos descuidos diários e a má higiene bucal, como por exemplo, o uso incorreto do fio dental, a escovação errada dos dentes, a cárie e até mesmo o tabagismo.

 

Em alguns casos, esse odor é causado por doenças mais sérias, como a gengivite, ou alguns distúrbios gástricos, como o refluxo.

 

Como escovar os dentes corretamente para evitar o mau hálito?

 

Na hora da escovação, é essencial retirar todo o acúmulo de alimento encontrado nos dentes, pois, caso contrário, as bactérias podem causar o mau hálito.

 

Para realizar esse procedimento da forma correta, a cerda da escova deve permanecer entre os dentes e a gengiva, realizando movimentos circulares.

 

A escovação deve ser realizada no mínimo três vezes ao dia, após as refeições como o café da manhã, almoço e janta.

 

O uso de produtos especializados na higiene bucal fazem a diferença para obter um melhor resultado.

 

Como o fio dental pode ajudar?

 

O uso do fio dental é indicado para eliminar a placa bacteriana e remover resíduos de alimentos das áreas onde a escova não consegue ter acesso.

 

Por esse motivo, é muito importante utilizá-lo corretamente na higiene bucal – os restos de alimentos podem causar bactérias que geram o tão indesejado mau hálito. 

 

O fio dental deve ser utilizado diariamente ao redor dos dentes, sem prejudicar a gengiva. Caso haja algum desconforto nesse processo, agende um horário com seu cirurgião dentista para prevenir futuras doenças causadas pelo uso incorreto de fio dental.

 

A cárie causa um odor desagradável na boca?

 

Uma das causas mais conhecidas do mau hálito é a cárie, que é causada pela má escovação dos dentes, ou seja, quando os restos dos alimentos não são retirados corretamente dos dentes. O acúmulo de alimentos causa a proliferação de bactérias, que por sua vez produzem lesões que podem causar o mau odor e, em casos mais graves, uma dor insuportável.

 

Muitos produtos que contém flúor são indicados para prevenir o surgimento da cárie, mas, para acabar de vez com elas, você deve sempre procurar um profissional mais próximo a você.

 

O tabagismo causa o mau hálito?

 

Como citado anteriormente no texto, os resíduos encontrados entre os dentes causam bactérias responsáveis pelo mau hálito na boca. 

 

O uso do tabagismo ajuda no acúmulo desses resíduos e gera uma mudança na produção de saliva, possibilitando o começo de uma infecção.

 

Todo esse processo que o tabagismo causa na boca pode gerar o mau hálito. Realizar uma limpeza bucal é indicado para quem faz o uso do tabaco, pois auxilia na prevenção de doenças. 

Doenças bucais e o odor desagradável na boca?

 

A maioria das doenças bucais são causadas por distúrbios gástricos, como o refluxo, ou pelo uso incorreto do fio dental; e a gengivite é uma delas. Devido ao acúmulo de placas bacterianas nos dentes, o mau odor prevalece e, nesse caso, só pode ser eliminado com a ajuda de um profissional.

 

Como acabar de vez como o mau hálito?

 

Para qualquer pessoa, são poucos os cuidados que fazem a diferença na hora de manter a saúde bucal e eliminar de vez o odor indesejável na boca.

 

Esses cuidados podem ser realizados desde criança. Para isso, conta-se com a ajuda de um dentista especializado, que vai auxiliar no uso de produtos corretos e indicar o melhor procedimento para resolver esse desconforto.

 

Conclusão

 

Percebeu que acabar com o mau hálito não é coisa de outro mundo?

 

Mantenha os cuidados necessários diariamente e siga as recomendações deste post. Em casos mais graves, agende um horário com seu cirurgião dentista para fazer uma avaliação e compreender a causa do mau hálito na boca.