Gengiva sangrando? Descubra quais são as principais causas

Um dos problemas bucais mais frequentes e percebido principalmente na hora da escovação é a gengiva sangrando. Além de ser um incômodo, pode significar que a saúde das gengivas não anda bem. Por isso, esse artigo vai te mostrar quais são os principais motivos causadores do sangramento gengival e sugerir alguns tratamentos para resolver a situação. Fique conosco até o final! 

Gengiva sangrando: principais causas

A principal causa do sangramento das gengivas, na maioria da vezes, é o grande acúmulo de placa bacteriana e tártaro. Apesar de serem problemas extremamente comuns, a placa bacteriana, assim como o tártaro, se não forem removidos na limpeza dentária com o dentista, podem causar uma inflamação nas gengivas. 

A gengiva sangrando é conhecida como gengivite. Além do incômodo sangramento, as gengivas podem ficar inchadas e com o aspecto mais avermelhado do que o normal. Elas ainda podem apresentar dor na hora da mastigação ou ao toque. 

Outra causa da gengivite é uma higiene bucal ineficiente, ou seja, escovar os dentes da forma errada ou com a frequência não indicada, não usar o fio dental e enxaguantes bucais, também contribui para o surgimento dela. A falta de uma limpeza dentária periódica com o dentista, também agrava o problema. 

Outras causas de gengivite menos comuns

Apesar de serem mais raras, existem outras possíveis causas da gengiva sangrando. Conheça quais são:

  • Hemorragia sem controle;
  • Escovação com força excessiva. Além de causar retração gengival, pode causar sangramentos; 
  • Alterações hormonais, especialmente na gravidez; 
  • Próteses dentárias mal ajustadas ou apertadas demais na boca; 
  • Uso errado do fio dental. Você não deve colocar força demais ao passar o fio dental entre os dentes, pois pode machucar as suas gengivas; 
  • Um ou mais elementos dentários infeccionados;
  • Leucemia grave; 
  • Uso constante de medicamentos afinadores do sangue; 
  • Deficiência de vitamina K no organismo. 

A gengivite pode evoluir para periodontite

Se você está com a gengiva sangrando, sabia que esse problema pode evoluir para um quadro mais grave? Se você é daqueles que não costuma fazer uma boa higiene bucal diária e só vai ao dentista quando um ou mais dentes estão doendo, a sua gengivite pode evoluir para a periodontite. 

Com o tempo, a placa bacteriana acaba aumentando e invadindo os tecidos de suporte dentário, conhecido como periodonto. A periodontite nada mais é do que uma inflamação desse tecido. O tratamento pode ser bem mais oneroso e demorado, dependendo da situação. 

Gengiva sangrando: opções de tratamento

As alternativas de tratamento para a gengiva sangrando são relativamente simples. Vale lembrar que somente o dentista é quem pode indicar o melhor tratamento, depois de fazer uma completa avaliação clínica. As opções de tratamento mais comuns são: 

  • Fazer uma boa limpeza dentária a cada 6 meses no consultório do seu dentista. Esse simples procedimento vai impedir que você seja contemplado com um desagradável sangramento gengival. 
  • Escovar os dentes corretamente 3 vezes ao dia, ou seja, depois do café da manhã, do almoço e antes de dormir. Alguns tutoriais na internet ensinam como escovar os dentes da forma correta;
  • Usar sempre o fio dental após as principais refeições. O grande problema é que muita gente negligencia o seu uso e, com o tempo, acabam ficando com a gengiva sangrando;
  • Fazer o uso de um bom enxaguante bucal após a última escovação do dia. Esse produto elimina as bactérias causadoras do mau hálito e evita o acúmulo excessivo de placa bacteriana, que é a causadora da gengivite. 
  • Trocar regularmente a sua escova de dentes. O recomendado pelos dentistas é que a troca seja feita, em média, a cada 3 meses. Prefira escovas com cerdas macias e cabo emborrachado, para facilitar a escovação. 
  • Não palitar os dentes após as refeições. Esse é um péssimo hábito que muitas pessoas ainda têm. O palito, em contato com a gengiva, pode machucá-la e causar sangramentos.

Uso de medicamentos para gengiva sangrando

Se você faz uma boa higiene bucal, não deixa de fazer a limpeza dentária com o seu dentista regularmente e, mesmo assim, está com a gengiva sangrando, uma consulta com um médico ou cirurgião-dentista deve ser feita. Nesse caso, é preciso fazer uma avaliação minuciosa do seu quadro clínico

Pode ser que seja necessário fazer uma intervenção com medicamentos. Mas é somente um especialista é quem pode determinar qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e o tempo de tratamento. Jamais se automedique e siga à risca as orientações do seu médico. 

Conclusão
Você percebeu que as causas e os tratamentos para a gengiva sangrando são relativamente simples e fáceis. Agora é só seguir as nossas dicas para manter seus dentes e gengivas sempre saudáveis. Afinal, ninguém está disposto a enfrentar os incômodos problemas bucais, certo?