Por que grávidas devem ter cuidados redobrados com a saúde bucal?

por-que-gravidas-devem-ter-tomado-redobrados-com-a-saude-bucal-

Ao descobrir uma gravidez, as mulheres precisam de um acompanhamento mensal com médicos para monitorar o desenvolvimento do bebê. Portanto, é importante fazer um bom e completo pré-natal, com todas as baterias de exames exigidas, consultas com ginecologista, nutricionista e uma porção de outros cuidados para garantir uma gestação e parto saudável tanto para a mãe quanto para o bebê.

O mesmo vale para a saúde bucal, que é tão importante quanto qualquer outra parte do corpo no desenvolvimento do feto.

Poucas mulheres sabem a relação entre a higiene e cuidado bucal da gestante na gravidez, o que pode ser crucial no nascimento e desenvolvimento da criança. Neste artigo, vamos explicar a importância de fazer um acompanhamento odontológico durante a gravidez.

Qual a relação entre saúde bucal e gravidez?

A gravidez deixa o corpo da mulher mais frágil e suscetível a doenças, por isso é tão importante fazer um check-up de tudo e principalmente dos dentes. Um detalhe que parece tão simples, como fazer a escovação três vezes ao dia ou agendar uma consulta para realizar uma limpeza completa com o seu dentista, pode evitar problemas no nascimento da criança.

Durante o período de gravidez, a gestante sofre com a presença de bactérias na boca, que pode ficar inchada e até ocorrer sangramento. As mulheres também ficam suscetíveis a cáries, uma vez que acabam comendo mais. Além disso, existem os conhecidos ‘desejos de grávida’ que geralmente acarretam no aumento da ingestão de açúcares (doces, principalmente).

Por isso, é extremamente importante cuidar da boca sempre, mas com mais atenção durante a gravidez.

Possibilidade de um parto prematuro

O cuidado, a higiene e o equilíbrio da boca têm resultados significativos no parto da criança. As gengivas ficam mais sensíveis, o que facilita a irritação, normalmente causada pela placa bacteriana. Isso só ocorre por causa da bomba de variações hormonais que a gravidez provoca no corpo da mulher.

É muito comum grávidas apresentarem casos de gengivite durante a gravidez. Cerca de 99% dos casos da irritação poderiam ser evitados se realizados um correto acompanhamento odontológico durante a gravidez.

Uma reportagem feita pelo portal R7, apontou que problemas oriundos da má escovação causam acúmulo de bactérias na gengiva que se caírem na corrente sanguínea, podem se instalar na parede do útero e na placenta, o que estimula as contrações e leva consequentemente a um parto prematuro ou aborto espontâneo.

Por isso, é muito importante fazer um acompanhamento odontológico, além de escovar os dentes, usar fio dental para remover a placa bacteriana (restos de alimentos e bactérias) acumulada ao redor dos dentes. Cumprindo esses passos, você previne que a gengiva fique tão dolorida e sensível, evoluindo para um quadro mais grave como a gengivite.

Faça um bom acompanhamento odontológico

Marcar uma consulta com um dentista e com frequência cuidar da saúde bucal é essencial para prevenir problemas como gengivite, sangramentos e cáries.

Esse profissional fará todos os procedimentos de prevenção necessários, além de também orientar a forma correta de higienização, alimentação e até mesmo cuidados para com o bebê que está a caminho.

Agende uma consulta com os dentistas da Odontominas e tenha uma gravidez saudável e com a saúde bucal em dia.

Acesse o nosso site e encontre a clínica mais perto de você.